Subir material

Suba sus trabajos a SEDICI, para mejorar notoriamente su visibilidad e impacto

 

Mostrar registro sencillo

dc.date.accessioned 2014-11-07T13:19:18Z
dc.date.available 2014-11-07T13:19:18Z
dc.date.issued 2012
dc.identifier.uri http://hdl.handle.net/10915/42438
dc.description.abstract Parte da linguística analisa o fenômeno da ambiguidade em função das regras gramaticais e tende a categorizá-lo em diferentes níveis, o que faz emergir taxonomias que remetem a ambiguidade a problemas tencionáveis nos âmbitos semântico, lexical, sintático, morfológico, etc. Assim, esse trabalho se foca na releitura de algumas dessas taxonomias com o suporte teórico-metodológico da Teoria das Operações Predicativas e Enunciativas (TOPE) do linguista francês Antoine Culioli, o qual não propõe uma divisão do estudo da língua em abordagens fonéticas, semânticas, morfologias, etc. por crer que tais divisões não trazem uma visão do todo da linguagem. Ao contrário, ele insiste num um trabalho que afirma a necessidade de um sistema de representação que suporte a generalização, que vê o significado e a sintaxe como inseparáveis e propõe que se observem valores semântico-discursivos veiculados por marcas de diferentes ordens (entoacional, lexical, morfológica, etc.) geradas na relação léxico-gramática. Na verdade, apostamos na indeterminação da linguagem para chegarmos a resultados que mostrem que as categorizações são instáveis e elegem, muitas vezes, apenas questões de língua para determinar as taxonomias ao invés de tomarem ciência dos valores (entre eles a modalidade, o tempo e o aspecto) responsáveis pela ambiguidade fundamental da linguagem e pela criação de um cenário sociopsicológico que torna cada ato enunciativo uma construção ímpar de um espaço orientado e determinado, o qual estabiliza os valores referenciais. Dessa forma, atribuir apenas à gramática o papel de desencadeadora de uma ambiguidade (seja ela no campo do léxico ou da sintaxe) é desconsiderar que a linguagem se prolifera e possibilita um jogo incessante de significações garantido pela dissimetria inevitável entre produção e reconhecimento interpretativo. Essa espécie de jogo fundadora da comunicação. pt
dc.format.extent 10 p. es
dc.language pt es
dc.title Contribuições ao estudo da ambiguidade da linguagem sob a ótica enunciativa pt
dc.type Objeto de conferencia es
sedici.identifier.uri http://jornadasfilologiaylinguistica.fahce.unlp.edu.ar/v-jornadas/Cumpri.pdf/view es
sedici.identifier.issn 2344-9071 es
sedici.creator.person Cumpri, Marcos Luiz es
sedici.description.note Área temática: Teorías del lenguaje es
sedici.subject.materias Humanidades es
sedici.subject.materias Letras es
sedici.subject.keyword teoría de las operaciones predicativas y enunciativas es
sedici.subject.keyword ambigüedad es
sedici.subject.keyword taxonomía de las reglas gramaticales es
sedici.description.fulltext true es
mods.originInfo.place Facultad de Humanidades y Ciencias de la Educación es
sedici.subtype Objeto de conferencia es
sedici.rights.license Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 2.5 Argentina (CC BY-NC-ND 2.5)
sedici.rights.uri http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/2.5/ar/
sedici.date.exposure 2012-03
sedici.relation.event I Congreso de la Delegación Argentina de la ALFAL y V Jornadas Internacionales de Filología Hispánica (La Plata, 2012) es
sedici.description.peerReview peer-review es


Este ítem aparece en las siguientes colecciones:

Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 2.5 Argentina (CC BY-NC-ND 2.5) Excepto donde se diga explícitamente, este item se publica bajo la siguiente licencia Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 2.5 Argentina (CC BY-NC-ND 2.5)